Espetáculos/Shows, Notícias

SPCD anuncia três estreias e grandes obras de seu repertório na temporada 2020

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD) anunciou sua Temporada 2020, titulada “Permanência e Inovação”. Serão quatro programas ao longo do ano com três estreias, totalizando 10 coreografias de grandes coreógrafos brasileiros e internacionais que serão exibidas no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo.

“Há possibilidade do convívio entre permanência e inovação. […] A cada vez que dançamos, vivemos uma experiência singular, seja pelo bailarino ou pela plateia. O que permanece e o que se modifica? A essência dos movimentos e da criação permanecem, mas sempre será diferente no corpo de cada um que vier a integrar a obra e na percepção de quem vê. Toda dança é feita de mudança — integrando novas qualidades, sem perder a essência”, explica Inês Bogéa, diretora artística da SPCD.

A venda de novas assinaturas segue até o dia 31 de março. Dentre os benefícios de se tornar assinante da SPCD, estão: a possibilidade de obter os ingressos com desconto, escolher antecipadamente o lugar onde deseja se sentar no teatro, ter direito a visitas na sede da SPCD (mediante agendamento prévio) para assistir aos ensaios da companhia, entre outros.

Confira a programação da Temporada 2020:

06 a 28 de JUNHO:
A programação terá a volta do grande clássico O Lago dos Cisnes, uma criação de Mario Galizzi especialmente para a SPCD, a partir do original de Marius Petipa e Lev Ivanov. A obra contará com todo o corpo artístico da Companhia, bem como solistas e figurantes convidados. As apresentações acontecem ao longo de três semanas e meia no mês de junho (06 a 07, 10 a 14, 17 a 21 e 24 a 28).

10 a 13 de SETEMBRO:
Estreia a primeira obra do coreógrafo residente da SPCD, Stephen Shropshire. Rococo Variation, investiga a relação da dança contemporânea com o virtuosismo da dança clássica, em uma relação direta com a música de Tchaikovsky. Na mesma semana, serão apresentadas obras já pertencentes ao repertório da Companhia com características marcantes: a intensa e premiada Agora, de Cassi Abranches; a vibrante Vai, de Shamel Pitts; e a clássica A Morte do Cisne, de Lars Van Cauwnbergh, inspirada na obra de Michel Fokine.

17 a 20 de SETEMBRO:
Estreia da obra de Henrique Rodovalho, Só Tinha de Ser com Você, uma sensível e singular releitura coreográfica do álbum Elis & Tom, clássico da música brasileira. Trick Cell Play, criação premiada de Édouard Lock, coprodução com o Festival Movimentos em Wolfsburg, na Alemanha, completa o programa.

24 a 27 de SETEMBRO:
Encerrando a Temporada 2020 da SPCD, o repertório trará a estreia da criação de Ana Catarina Vieira, uma obra que mistura as linguagens das danças populares brasileiras com o balé clássico e a dança contemporânea. Além da novidade, a semana terá a instigante Gnawa, de Nacho Duato, e a intensa Anthem, de Goyo Montero.


O que: Temporada 2020 da São Paulo Companhia de Dança
Quando: junho e setembro
Quanto: assinatura para os 4 programas a partir de R$ 136,00
Ingressos/assinatura: www.spcd.com.br
Informações: (11) 3224-1383

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend