Comportamento, Notícias

Pesquisa avalia perfil da plateia paulista

A pesquisa “Cultura em SP”, que ouviu quase 8 mil pessoas em 21 cidades paulistas, mostra que o público dos espetáculos de teatro, dança e circo tem potencial para mais que dobrar no estado. O levantamento foi realizado pelo Instituto Datafolha sob encomenda da JLeiva Cultura & Esporte e os resultados foram apresentados nesta segunda (27/04), em um seminário na capital paulista.

Para avaliar as possibilidades de crescimento das plateias no estado, a pesquisa mediu o público atual dos espetáculos de teatro, dança e circo e comparou com o público potencial dessas atrações. O público atual corresponde ao percentual de entrevistados que disseram ter frequentado esses espetáculos no último ano. O público potencial é o percentual de respondentes que disseram ter interesse por teatro, dança ou circo, mas que, por algum motivo, não realizaram essas atividades culturais nos 12 meses precedentes. Foram incluídos neste grupo aqueles que, em uma escala de 0 a 10, deram notas de 6 a 10 para qualificar seu interesse por espetáculos de artes cênicas.

No caso do teatro, o público atual (28% dos entrevistados) é igual ao público potencial. Ou seja: as plateias das peças no estado poderiam dobrar de tamanho caso todos aqueles que declararam ter algum interesse decidissem de fato frequentar teatros. As possibilidades de expansão são ainda maiores em relação a dança e circo. O público atual de espetáculos de dança é de 19%, e o potencial, de 25%. No caso do circo, os números são 16% e 29%, respectivamente.

A pesquisa também revelou o perfil do público que frequenta espetáculos de arte no estado de São Paulo. De acordo com o levantamento, quem mais vai ao teatro e a espetáculos de dança são mulheres paulistanas jovens (de 16 a 24 anos), sem filhos, com ensino médio completo e pertencentes às classes A e B. No caso do circo, o padrão é quase o mesmo, com a diferença que a maior parte do público se concentra em uma faixa etária um pouco mais alta (de 25 a 34 anos).

A pesquisa Cultura em SP foi realizada com patrocínio do Grupo CCR, Sabesp e Oi, obtidos pelas Leis Rouanet e Proac ICMS, e apoio cultural do SESC-SP e da Secretaria de Estado da Cultura.

Confira alguns dados sobre dança revelados pelo estudo:

  • 26% dos paulistanos afirmam praticar atividades culturais no seu tempo livre;
  • Araçatuba é a líder entre as cidades do interior em frequência a espetáculos de dança, com 24%;
  • Sertanejo é o ritmo preferido dos paulistas, citado por 44% entre os favoritos.

A pesquisa completa está disponível neste link

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend