Festivais/Mostras, Notícias

Musical com Deborah Colker na direção teatral integra as atrações do 28º Festival de Curitiba

Começou nesta terça (13/02), a venda de ingressos para o 28º Festival de Curitiba, que este ano acontece de 26 de março a 07 de abril, trazendo estreias nacionais, produções internacionais, teatro, música, dança, circo, stand up comedy, performances, oficinas, show de variedades e gastronomia que transformarão Curitiba ao longo de 13 dias, trazendo novas cores e movimentos para a cidade.

O Festival fará de teatros, praças e ruas o palco para artistas conhecidos como Regina Casé, Fábio Assunção, Guta Stresser, Claudia Abreu, Leandra Leal, Mel Lisboa, Bianca Byington, Ranieri Gonzalez, Gregório Duvivier, Dani Barros, André Abujamra e Nicole Puzzi.

Entre tantos atores, integra o elenco de estrelas selecionadas pela curadoria do festival em 2019, a bailarina Deborah Colker. A premiada coreógrafa vem a Curitiba com o espetáculo musical “O Frenético Dancin Days”, sua estreia na direção teatral, com esta superprodução que conta com 17 atores e seis bailarinos. O espetáculo será apresentado nos dia 02 e 03 de abril, às 21h, no Guairão.

Deborah Colker, diretora teatral, e Nelson Motta, um dos autores do texto de “O frenético Dancin Day’s”, com bailarinos e atores do musical | Foto: divulgação

Marco na noite carioca, a boate renasceu em forma de musical e, mais uma vez, a magia se fez. Nelson Motta é um dos autores do texto com a absoluta propriedade de quem foi um dos fundadores da boate e viveu toda a agitação que marcou época. O musical resgata esse clima de celebração da vida, de sentir a felicidade bater na porta e conta a história da Frenetic Dancing´Days Discotheque, boate idealizada, em 1976, pelos amigos Nelson Motta, Scarlet Moon, Leonardo Netto, Dom Pepe e Djalma.

Dança no Festival

Além de Deborah Colker, a dança também ganha espaço já na abertura do festival com um espetáculo francês, fascinante e com grande força poética, “Aquele que Cai (Celui qui Tombe)”, uma criação do coreógrafo, bailarino e acrobata Yoann Bourgeois. Em cena, ele experimenta novos princípios da física, colocando seis corpos sobre uma plataforma giratória e suspensa que desce, sobe, balança e gira em torno do seu eixo principal com apenas uma instrução: tentarem manter-se em pé. Um propósito simples que oferece um espetáculo ágil, arrojado e inspirador.

Ao todo serão mais de 1500 apresentações, em torno de 390 delas gratuitas e 196 no sistema “pague o quanto vale”, em que o público escolhe o quanto paga.

Com 27 espetáculos a Mostra 2019 conta com curadoria de Guilherme Weber e Marcio Abreu que assinam a seleção pela quarta vez. “A extinção das fronteiras entre gêneros artísticos, o olhar para corpos que performam suas existências no mundo de forma atravessadora e uma investigação sobre o Brasil através das criações de seus artistas tem sido o principal recorte de nosso trabalho”, afirma a dupla.


O que: 28º Festival de Curitiba
Quando: 26/03 a 07/04
Quanto: de R$ 0,00 até R$ 70,00
Ingressos:
www.festivaldecuritiba.com.br
– aplicativo: Festival de Curitiba 2019
– bilheterias do Shopping Muller e ParkShoppingBarigui

Previous ArticleNext Article
Diretora do portal Dança em Pauta | Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de comunicação. Trabalhou em publicações segmentadas na área de entretenimento e cultura em Curitiba-PR, Maringá-PR e São Paulo-SP. Em 2010, lançou o portal Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. É coautora do livro “200 anos de Dança de Salão no Brasil – Volume 4” (2012), organizado pelo pesquisador Marco Antonio Perna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend