Espetáculos, Notícias

Musical “A Cor Púrpura” volta aos palcos pelo Brasil em 2022

Depois de uma bem-sucedida temporada no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Salvador, nesta sexta (07/01), o musical “A Cor Púrpura” retorna à cena carioca para uma curta temporada no Teatro Riachuelo. Na sequência, o espetáculo passará também pelas cidades de Curitiba (11 a 13/03), Ribeirão Preto (17 a 20/03), Belo Horizonte (24 a 27/03), Santos (07 a 10/04), Florianópolis (14 a 17/04), Porto Alegre (29/04 a 01/05) e Campinas (06 a 08/05). O musical, uma versão brasileira de Artur Xexéo desta obra de sucesso da década de 1980, recebeu 87 indicações e uma série de prêmios, entre eles APTR, Cesgranrio, Shell e Bibi Ferreira.

O musical traz canções de jazz, blues, música africana e gospel. O trabalho da coreógrafa Sueli Guerra dialoga com a direção de movimento dos atores, priorizando a dramaturgia. “Os números de canto e dança ultrapassam o conceito da coreografia e organização de passos. O físico, a situação dramatúrgica em que o personagem se encontra e a movimentação corporal, estão totalmente a serviço de contar uma história, estimulando um mergulho mais profundo na obra”, finaliza Sueli.

São 17 atores em cena, 90 figurinos, um palco giratório de seis metros de diâmetro e uma escada curva com sistema de traveling em volta do cenário. A superprodução fica em cartaz até 13/02, com sessões de sexta a domingo.

“Durante a pandemia tivemos a perda do nosso amigo e grande parceiro, Artur Xexéo. Então, a dor aumentou ainda mais. Agora, na volta aos espetáculos, a saudade é muito grande. Dedicaremos essa temporada ao Xexéo, nosso querido irmão”, comenta o diretor, Tadeu Aguiar, que em 42 anos de carreira no teatro não ficou um só ano sem fazer um espetáculo.

Cena do musical “A Cor Púrpura”. | Foto: Rafael Nogueira.

Sobre a obra

Alice Walker foi a primeira escritora negra a ganhar o Pulitzer pelo seu livro A Cor Púrpura, que continua contemporâneo ao retratar relações humanas, de amor, poder e ódio, em um mundo pontuado por estruturais diferenças econômicas, sociais, étnicas e de gênero. O livro A Cor Púrpura foi lançado em 1982.

Com direção de Steven Spielberg, a obra foi adaptada para o cinema em 1985, recebendo 11 indicações ao Oscar. A transposição para musical aconteceu em 2005, na Broadway. Em 2016, houve uma nova montagem, rendendo à produção 2 Tony e o Grammy de melhor álbum de teatro musical.

Escrito há mais de 35 anos e vencedor dos Prêmios Pulitzer, Grammy e Tony, A Cor Púrpura é um musical baseado em uma história passada na primeira metade do século XX, na zona rural do Sul dos Estados Unidos, com personagens típicos dessa região. Com um elenco em sua maioria escolhido por meio de testes, o musical permanece, nesta retomada teatral, praticamente com os mesmos atores.

O espetáculo apresenta a trajetória e luta de Celie (Letícia Soares) contra as adversidades impostas pela vida a uma mulher negra, na Geórgia, no decorrer da primeira metade do século XX.


O que: musical “A Cor Púrpura”
Quando: 07/01 a 13/02
Sex, 20h | sáb, 16h e 20h30 | dom, 18h
Onde: Teatro Riachuelo
Rua do Passeio, 38/40 – Centro | Rio de Janeiro-RJ
Quanto: a partir de R$ 50,00 (inteira)
Ingressos: sympla.com.br
*locais de apresentações nas demais cidades a serem definidos.

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend