Notícias, Videodança

Grupo Ewé apresenta Circuito Igbasile com mostra gratuita de videodanças

Neste sábado e domingo (28 e 29/08), acontecem as últimas apresentações online do Circuito Igbasilẹ (palavra yorubá que significa registro), uma mostra gratuita de videodança que busca promover o amplo acesso e debate acerca da criação afrocentrada e suas reverberações na dança. O evento é organizado pelo Grupo Ewé, que atua há 10 anos com pesquisa em dança, cujo eixo central são as culturas africanas e afrodiaspóricas.

Os dois videodanças apresentados – “Cauri – corpo moeda” e “Bori” – propõe ir além de um produto de consumo para entretenimento, sendo registros negros históricos, filosóficos e epistemológicos na dança.

Além da exibição, ocorrerá a Kekẹ Imọ (Roda de Conhecimento), ação que consiste no encontro entre o grupo e o público para a troca de conhecimentos, vivências e informações sobre a criação e o universo que a circunda. Os encontros acontecerão pela plataforma Zoom.

Projeto realizado com o apoio da Lei Aldir Blanc, o Circuito Igbasilẹ é gratuito e tem coordenação do diretor e bailarino Luiz Anastácio, fundador do Grupo Ewé.

Sobre o Grupo Ewé
É um grupo de resistência artística, composto majoritariamente por pessoas pretas e que tem como cerne de seus estudos o afrocentrismo, desde a preparação de corpo, aos universos filosóficos que permeiam a cultura africana em uma episteme própria e com saberes inclusivos.


O que: Circuito Igbasilẹ
Quando: 28 e 29/08, 13h e 19h
Quanto: gratuito
Onde: plataforma Zoom
Ingressos: neste link

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend