Festivais/Mostras, Notícias

Festival Internacional de Dança em Paisagens Urbanas encerra neste final de semana

Neste final de semana (22 a 24/10), o 14º Visões Urbanas – Festival Internacional de Dança em Paisagens Urbanas encerra suas atividades, iniciadas em 15/10. O evento traz em sua programação mostra de videodança, oficinas e espetáculos apresentados por artistas de diversos lugares do Brasil e de outros países (EUA, México, Cuba e Espanha), tudo de modo online e gratuito.

Na sexta (22/10), a Entremans, companhia espanhola formada por bailarinos cubanos residentes na Galiza, apresenta “Amparo”, solo de Ana Beatriz Pérez, inspirado no romance “La Tribuna”, de Emilia Pardo Bazan, em homenagem às trabalhadoras de fazendas de fumo que lutaram por liberdade, direitos e justiça. Na sequência, a Cia Dual, de São Paulo, apresenta “Pavão Misterioso”, uma co-produção com artistas mexicanos, com roteriro e interpretação de Ivan Bernadelli. Inspirada no cordel “O Romance do Pavão Misterioso”, que mescla dança, animação de bonecos e linguagem audiovisual, a peça reflete sobre o narcisismo, a construção narrativa e a criação artística na contemporaneidade.

O Urbaninhas, programa especialmente pensado para as crianças, apresenta nas tardes do sábado e domingo (23 e 24/10), respectivamente, Karine Souza, de Trairi, cidade litorânea do Ceará, com “Maternar”, poéticas dançantes acerca dos desafios e inquietudes da maternidade no período do puerpério; e “Senhor Tati”, da Cia. Artesãos do Corpo, que se inspira no personagem Monsieur Hulot, de Jacques Tati, e expressa o humor, a delicadeza e os sonhos que povoam o universo dos filmes do ator e cineasta francês, com suas praias, jogos de férias e carrosséis.

Na noite de sábado, Nefertiti Charlene Altan, artista queer afro-indígena da Califórnia de descendência guatemalteca, que reside em Salvador há nove anos, dança “Entre distâncias e silêncios”. No segundo trabalho, “A Torre”, do Estúdio Aya+, Janette Santiago alerta para as estruturas capitalistas de ordenamento do corpo e para tragédias decorrentes da estratificação socioeconômica, da exploração e de desdobramentos contemporâneos das violências coloniais no Brasil.

No domingo (24/10), o Grupo Flying Low celebra a amizade em momento de máxima urgência, com “Even in the trash grows flowers”, interpretada por Lee Anderson e Koide Ura. O encerramento do Visões Urbanas fica a cargo da Cia Damas em Trânsito e os Bucaneiros, com “Tempo Submerso”, criação de 2021, resultado de residência artística que reuniu 28 pessoas, artistas ou não, de faixas etárias distintas, e trouxe a temporalidade como foco, compreendendo o corpo em constante movimento e transformação.

Ainda nas manhãs do último sábado e domingo, acontecem duas oficinas ao vivo online pela plataforma zoom: “Corpo Artesão“, com Mirtes Calheiros, e “Enraizar, Fluir, Mover – Yoga como preparação do corpo cênico“, proposta de Ederson Lopes.


O que: 14º Visões Urbanas online – Festival Internacional de Dança em Paisagens Urbanas
Quando: 22 a 24/10
Onde: youtube.com/artesaosdocorpo
Quanto: gratuito
Informações: instagram.com/festivalvisoesurbanas/

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend