Ler, Ver e Ouvir, Música

Exposição virtual do TMRJ homenageia 100 anos do expoente do tango, Astor Piazzolla

Neste 11 de março de 2021, o bandoneonista e compositor argentino de tango Astor Piazzolla, falecido em 1992, completaria 100 anos. Para marcar a importância deste que foi um dos músicos mais inovadores do Século XX, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro (TMRJ) lançou a exposição virtual “Sensibilidade e harmonia: a alma popular e erudita do ‘Novo Tango’ de Astor Piazzolla”.

“Minha música pode agradar ou não, mas ninguém pode negar que ela é boa: é bem orquestrada, é nova, é deste século, e tem o perfume do tango, que é o que a torna atraente no mundo inteiro”. ASTOR PIAZZOLLA

Piazzolla revolucionou o tango – gênero que se destaca na música argentina pela dramaticidade, dando novos contornos rítmicos, aproximando-o do cânone harmônico da música clássica, e, assim, garantindo às suas composições lugar frequente nas salas de concerto do mundo.

O ano de 2021 marca o centenário de nascimento desse ilustre compositor argentino, natural de Mar Del Plata, que se transferiu, aos quatro anos com sua família, para Nova York, onde teve a iniciação musical com a pianista Bela Wilda, discípulo de Rachmaninov, com quem conheceu a música de Bach. Nos Estados Unidos, conviveu com ritmos como o jazz, que tanto influenciou suas composições.

A MÚSICA DE PIAZZOLLA E A DANÇA

Intensa, dramática e desafiadora, a dança, sob a música de Piazzolla, ganhava contornos mágicos. Piazzolla não chegou a se apresentar no palco do TMRJ, porém, sua música esteve presente em diversas produções do Corpo de Baile.

Elenco de “Tempo de Tango”, 1990, com música de Piazzolla e coreografia de Arrieta. Da esq. p/ dir.: Patricia Cabral, Lucia Guimarães, Marcia Faggioni, Sandra Queiróz, Ana Botafogo, Rodolfo Rau, Paulo Ernani, Cesar Lima e Joseny Coutinho. | Foto: Arquivo Pessoal/Márcia Faggioni

Em 1981, o Theatro Municipal encenou “Nosso Tempo” (Nuestro Tiempo), música composta por Piazzolla em 1962, que ganhou a coreografia de Dalal Achcar. O elenco, composto por Ana Botafogo, Daniela Panessa, Vera Aragão, Rosane Soneghetti, Fernando Bujones, Fernando Mendes e o Corpo de Baile, interpretaram sete movimentos da dança:
– Nada, Vazio e Gratuidade;
– Egocentrismo, Solidão e Força;
– Desafio, Semelhanças e Dualidades;
– A Conquista, Destruição e Construção;
– Derrota, Depressão e Reformulação;
– Projeção, Triângulo e Imaginação;
– Novo Encontro, Emoção e Catalisação.

A música de Piazzolla também encontrou, no Municipal, a coreografia de Luis Arrieta para “Tempo de Tango”, encenado nas temporadas de 1990, 1992 e 1998. Argentino como Piazzolla, Arrieta estreou a obra em 1990, durante o Festival Internacional de Dança, no TMRJ, com o Corpo de Baile, tendo também assinado o figurino e a iluminação do espetáculo. No elenco, bailarinos como Ana Botafogo, Áurea Hammerli, Norma Pinna, Márcia Faggioni, Cristina Costa, Cézar Lima, Rodolfo Moreira, Joseny Coutinho, Hélio Bejani, Antonio Gaspar e Lúcia Guimarães deram vida e brilho ao espetáculo.

PIAZZOLLA E O BRASIL
A sensibilidade, harmonia e dramaticidade da música de Piazzolla, sempre foram muito bem acolhidas no Brasil. Em 1973, as composições do músico fizeram parte da trilha sonora do filme Toda nudez será castigada, de Arnaldo Jabor, baseado na obra de Nelson Rodrigues.

Piazzolla estreitou amizade com grandes compositores brasileiros, como Chico Buarque, Caetano Veloso e Tom Jobim. Em 1988, o gênio do tango, fez uma turnê no Brasil, para alegria de várias plateias.

O legado de Piazzolla reflete a universalidade do tango e, ao mesmo tempo, a singularidade como referência da cultura argentina. O tango de Piazzola é intenso, sensual, profundo, resultado do encantamento de um menino por seu bandoneón e pela paixão por sua terra natal.


O que: exposição virtual “Sensibilidade e harmonia: a alma popular e erudita do ‘Novo Tango’ de Astor Piazzolla”
Quando: a partir de 11/03
Onde: nas redes oficiais do Theatro Municipal RJ

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend