Notícias, Universo da Dança

Em formato inédito, a obra “Biblioteca de Dança” vira podcast

Estreada em 2017, a “Biblioteca de Dança”, criação dos coreógrafos Jorge Alencar e Neto Machado, é uma instalação coreográfica que já transicionou para versão online em vídeo e que, agora, assume novo formato inédito, virando podcast. Em episódios com diferentes artistas da dança, Cami Carvalho, Fábio Osório Monteiro, Jorge Alencar, Leticia Pereira e Neto Machado narram coreografias que marcaram suas vidas. Como um livro vivo, cada participante fala e instiga dança através de suas memórias, afetos e perspectivas autobiográficas. Os audiocapítulos serão lançados no dia 10/04, no Spotify da Dimenti Produções Culturais, realizadora do projeto.

Se a palavra falada e a contação de história já eram componentes fundamentais do trabalho nas versões presenciais (apresentadas em bibliotecas) e audiovisuais (realizadas em plataformas digitais), no podcast, a palavra se potencializa, tornando-se a principal matéria de produção de memórias coreográficas. “Voz é corpo! Oralidade é corporalidade!”, afirmam os diretores.

Cada episódio traz uma história de dança em que palavras e trilha sonora ativam descrições de movimento, sensações corporais, aspectos espaciais e contextos para que o público se aproxime da experiência de cada artista, como se estivesse junto, assistindo à obra que suscitou todas aquelas lembranças.

Neto Machado e Jorge Alencar, os criadores da obra Biblioteca da Dança. | Foto: Patrícia Almeida

Este lançamento integra o projeto “Despir o Tempo”, em que a Dimenti propõe vislumbrar na dança a grandeza do tempo, através de uma série de ações que têm a memória como motor criativo e obras de dança pré-existentes como matéria de criação para novos trabalhos. No início de março, foi estreado o conjunto de vídeos-performances “Web-Strips”, numa inusitada e bem-sucedida temporada de exibições na função “Amigos próximos” dos stories da página de Instagram, alcançando repercussão nacional.

“Despir o Tempo” tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

SOBRE O ELENCO

  • Cami Carvalho: artista do movimento, foi amante do balé clássico até torcer o pé. Foi quando passou a ter vontade de só dançar com os pés descalços, integrando companhias em Goiânia e em Salvador, aprofundando técnicas e ferramentas de improvisação.
  • Fábio Osório Monteiro: artista baiano, baiana de acarajé, produtor cultural, é ator e dançarino com 25 espetáculos na carreira. Investiga os lugares do corpo negro na cena e as concepções da arte como trabalho na nossa sociedade.
  • Jorge Alencar: envolve-se com dança, teatro, audiovisual, arte drag, comunicação, curadoria, escrita, educação. Anda criando striptease, série de TV, melodrama, livro infantil. Tem ativado o chakra da memória nas artes.
  • Leticia Pereira: ex-atleta de ginástica rítmica, é bailarina, modelo, acadêmica de Educação Física e instrutora de alongamento e flexibilidade.
  • Neto Machado: dançarino, coreógrafo, ator, comunicador, já circulou por mais de 50 cidades brasileiras e 10 países. Formado em Teatro e em Dança, movimenta temas como memória, infância e cultura pop em suas obras.

O que: lançamento do podcast ‘Biblioteca da Dança’
Quando: 10/04
Onde: Spotify da Dimenti Produções Culturais

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend