Espetáculos, Notícias

Cisne Negro Cia de Dança apresenta o espetáculo Goitá no Clube Hebraica

Neste sábado (04/06), no Teatro Arthur Rubinstein do Clube Hebraica, de São Paulo, a Cisne Negro Cia de Dança apresenta o espetáculo “Goitá”, obra inspirada no universo do Mamulengo, o teatro de bonecos típico do nordeste brasileiro, que tem na pequena cidade de Glória do Goitá, a 60Km de Recife-PE, a capital nacional desta arte. Com direção artística de Hulda Bittencourt (em memória) e Dany Bittencourt, a coreografia é de Ana Catarina Vieira e a criação dos bonecos de Dino Soto.

Ao todo, o espetáculo leva ao palco 10 bailarinos em um cenário que remete ao mercado municipal, com objetos de palha, artefatos de cozinha, cabaças, buchas e a rica diversidade dos artesanatos de pequenos agricultores e artesãos locais. A obra mostra a simplicidade de um tempo sem celulares e internet, mas que já sentia os primeiros efeitos da industrialização.

“Goitá” soma a qualidade da consagrada Cisne Negro Cia de Dança, grupo com 45 anos de atuação na cena artística nacional, um destaque do teatro brasileiro, a Cia Pia Fraus, com 37 anos de história, que tem como marca a interação entre bonecos e atores em suas apresentações. Esta união, permite a construção e ousadia em integrar as linguagens da dança ao teatro popular de bonecos e de se aventurar na criação de uma linguagem artística própria, trazendo assim uma nova proposta para o público.


O que: espetáculo Goitá | Cisne Negro Cia de Dança
Quando: 04/06, 21h
Onde: Clube Hebraica
Rua Hungria, 1000 Pinheiros | São Paulo-SP
Quanto: R$100,00 (inteira) | sócio Hebraica – R$50,00
Ingressos: Ticket Fácil

Previous ArticleNext Article
Diretora do portal Dança em Pauta | Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de comunicação. Trabalhou em publicações segmentadas na área de entretenimento e cultura em Curitiba-PR, Maringá-PR e São Paulo-SP. Em 2010, lançou o portal Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. É coautora do livro “200 anos de Dança de Salão no Brasil – Volume 4” (2012), organizado pelo pesquisador Marco Antonio Perna.

1 Comment

  1. Maravilhoso n tenho palavras pra traduzio tal arte, musico, cenario, a arte dos bailarinos, o cenário enfim passaria dias aqui falando
    Gostaria de poder participar de outros espetaculos do grupo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend