Espetáculos/Shows, Notícias

Biblioteca de Dança: obra que apresenta ‘contações’ dançantes de história ganha versão online

Da Bahia, os coreógrafos Jorge Alencar e Neto Machado foram convidados pelo Sesc Avenida Paulista, da cidade de São Paulo, para produzirem uma versão online de sua “Biblioteca de Dança” para exibição exclusiva na página de Instagram da unidade (@sescavpaulista), que contabiliza mais de 135 mil seguidores. A dupla assim convocou dez artistas da dança do Brasil para protagonizarem uma série com dez episódios, com duração média de sete minutos cada, em que compartilham coreografias que marcaram suas vidas, possibilitando que o público acesse diferentes “contações dançantes de história”.

Cada participante se torna um livro vivo e, ao falar de dança, estimula o público a pensar sobre questões como: qual obra artística disse aquilo que você precisava dizer? Como seria colocar para fora algo que ficou engasgado? Qual rito de passagem marcou a sua vida? Os vídeos inéditos, gravados e editados, serão lançados de 20 de janeiro a 21 de fevereiro, às quartas-feiras e domingos, sempre às 18h.

Com palavras, gestos e movimentos, Cláudia Muller, Diane Ichimaru, Fabiana Balduína (FaBgirl), Fábio Osório Monteiro, Luiz Thomaz Sarmento, Matias Santiago, Rosângela Alves, Ruan Wills, Talita Florêncio e Vânia Oliveira são os artistas que vão pôr em relevo a capacidade de obras artísticas atravessarem a vida de alguém, sendo a coreografia e a dança caminhos para documentar histórias a partir de afetos.

Ao final de cada episódio, eles endereçam uma pergunta para que o público traga suas ressonâncias, adaptando as trocas em um momento em que não é possível realizar apresentações cênicas presenciais e em que ativar memórias de coreografias é um jeito de torná-las presentes. A direção de fotografia e edição são de Larissa Lacerda e a trilha sonora original é assinada por Luciano Salvador Bahia.

Neto Machado e Jorge Alencar, os criadores da obra Biblioteca da Dança. | Foto: Patrícia Almeida

Sobre a “Biblioteca de Dança”
Estreada em 2017 e geralmente montada em bibliotecas, a obra já circulou por diversas cidades do Brasil e do mundo. Em 2020, o trabalho recebeu uma adaptação audiovisual chamada “Deixa Eu te Contar”, em parceria com o Festival Paralela (Uberlândia/MG), e foi também realizado em formato de live pelo projeto #EmCasaComSesc do Sesc Ao Vivo.


O que: Biblioteca de Dança Online
Quando: 20/01 a 21/02, às 18h
Onde: Instagram do Sesc Avenida Paulista

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend