Espetáculos, Notícias

Ballet Paraisópolis inicia comemoração de 10 anos com apresentações no Sesc Santo Amaro

As comemorações de 10 anos do Ballet Paraisópolis, projeto social de São Paulo com foco na dança, prometem marcar 2022 com uma série de eventos que iniciam neste sábado e domingo (14 e 15/05), no Teatro do Sesc Santo Amaro, com a remontagem do balé Paquita e uma suíte inspirada no primeiro ato de A Bela Adormecida.

Em cena estarão 50 alunos da instituição e as apresentações – contempladas pelo Programa de Ação Cultural do Governo do Estado de São Paulo (ProAC) – marcarão o lançamento do grupo semiprofissional de dança do projeto composto por bailarinos formados pelo Ballet Paraisópolis. A direção geral e concepção artística é de Monica Tarragó e a remontagem de Weverton Aguiar.

Para Weverton, a escolha de dois clássicos para as apresentações está relacionada a necessidade de os alunos manterem contato com as mais variadas obras, além da vivência de dançar um balé completo: “As apresentações serão a oportunidade dos encontros em cena, extremamente importantes para o elenco. Poderemos ver antes de mais nada, a estreia de uma grande obra e suas variações. Outro aspecto relevante é a participação das crianças, que interpretarão a corte e as amigas de Aurora, na suíte de A Bela Adormecida”.

Além do espetáculo, ao longo de 2022 várias ações serão realizadas para marcar a primeira década do projeto social. Entre elas, o espetáculo de dança contemporânea Bando com coreografia de Christian Casarin, além de exposição fotográfica, lançamento de livro, o minidocumentário Nas Pontas dos Pés e um documentário.

Mas para Monica o destaque fica para a formatura da primeira turma de bailarinos do Ballet Paraisópolis. A cerimônia, que deve acontecer no fim do ano, enche de orgulho toda a escola: “Após nove anos, nossos alunos já terão seus registros profissionais como bailarinos e poderão fazer audições em grupos e companhias de dança nacionais e internacionais”.

O lançamento do grupo jovem também tem um peso significativo na trajetória do Ballet Paraisópolis e aponta na direção da criação de um grupo profissional. “Os desafios são enormes, mas estamos dando o primeiro passo para que nossos bailarinos tenham a oportunidade de estarem em um palco, fazendo o que gostam e de poderem viver de dança”, comenta Monica.

Sobre o Ballet Paraisópolis
Fundado em 2012 por Monica Tarragó, oferece aulas gratuitas de balé, dança contemporânea e moderna, para crianças e jovens da comunidade de Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, entre 8 e 18 anos de idade. O curso tem duração de nove anos e é ministrado por uma equipe composta de sete professores renomados na área de dança.


O que: Paquita e suíte de A Bela Adormecida | Ballet Paraisópolis
Quando: 14/05, às 18h | 15/05, às 17h
Onde: Teatro do Sesc Santo Amaro
Rua Amador Bueno, 505 Santo Amaro | São Paulo-SP
Quanto: gratuito
Ingresso: bilheteria Sesc Santo Amaro
*retirada 1h antes da apresentação

Previous ArticleNext Article
Diretora do portal Dança em Pauta | Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de comunicação. Trabalhou em publicações segmentadas na área de entretenimento e cultura em Curitiba-PR, Maringá-PR e São Paulo-SP. Em 2010, lançou o portal Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. É coautora do livro “200 anos de Dança de Salão no Brasil – Volume 4” (2012), organizado pelo pesquisador Marco Antonio Perna.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend