Ler, Ver e Ouvir, Notícias, Vídeos Indicados

Balé da Cidade de São Paulo apresenta vídeo coreografado por Ismael Ivo com narração de Pedro Bial

Uma reflexão sobre o atual momento de pandemia e isolamento social por meio da dança e da poesia. Esta é a proposta da obra ‘Respirem’, um vídeo que une a dança coreografada por Ismael Ivo, e protagonizada pelos bailarinos do Balé da Cidade de São Paulo, dirigida por ele, à narração do jornalista Pedro Bial de um poema.

Lançado nesta última terça (09/06), o vídeo foi inspirado no poema “In the Time of Pandemic” (Em Tempos de Pandemia), de autoria da norte-americana Catherine O’Meera. Postada em março de 2020 no blog da autora, The Daily Round, o poema foi replicado em redes sociais como sendo de autoria de Kathleen O’Meara, biógrafa e romancista franco-irlandesa do século XIX. Por conta da atribuição errada, muitos acreditaram ser uma profecia do que vivemos hoje.

Polêmica a parte, ao receber o poema encaminhado a ele pelo jornalista Pedro Bial, Ismael sentiu-se instigado a criar a obra ‘Respirem’ e convidar Bial para a narração. O vídeo parte de uma reflexão com associações de pensamentos, enfatiza nossa capacidade, como espécie humana, de respirar, e descreve a esperança de uma sociedade em ter de volta o direito a um respiro além de nossas casas. Enquanto bailarinos da companhia interpretam a coreografia, que segue uma mesma estrutura dorsal, Pedro Bial declama a livre tradução do poema.

No vídeo, bailarinos interpretam, de suas casas, uma dança contemporânea que se inicia no solo, em posição fetal, e aos poucos, com o passar do respiro, vão se levantando e na posição vertical, abrem os braços em um gesto de abraço.

De acordo com Ismael Ivo, Respirem fecha uma trilogia que passa pelo recém projeto “Corpus: Alma e Esperança”, concebido por ele e Inês Bogéa em inédita parceria digital do Balé da Cidade de São Paulo com a São Paulo Companhia de Dança. Valendo-se do presente momento de isolamento social, neste, os bailarinos de ambas as companhias criaram, de suas casas, coreografias curtas e registraram em vídeo. O resultado foram 14 pílulas, em formatos de 30 e 60 segundos, exibidas em abril ao longo da programação da TV Cultura e disponibilizadas nas redes sociais dos dois corpos artísticos. “Um minuto de dança, um gesto de esperança”, completa Ismael.

CONFIRA A OBRA:

Previous ArticleNext Article
Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. Em 2010, lançou o site Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. Trabalhou em publicações segmentadas em Curitiba e São Paulo. Desde 2004, desenvolve trabalho de assessoria de comunicação para profissionais e empresas atuando no planejamento e execução de estratégias de comunicação interna e externa, produção de conteúdo, publicações corporativas e assessoria de imprensa.

2 Comments

    1. Que pena Charles! Só vi agora por conta do seu comentário que o vídeo foi retirado. Quando postamos, o vídeo estava no Youtube da Cia, mas acredito que por conta dos direitos autorais, já que inicialmente as pessoas difundiram a informação errada sobre a autoria do poema, devem ter retirado. Uma pena mesmo. Caso eles publiquem novamente, a gente divulga 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend