Cinema e TV, Ler, Ver e Ouvir

Baiano é eleito Melhor dançarino de favelas no programa Dance-Off Brasil

A segunda temporada do Dance-Off Brasil, programa que integra as atrações do Game XP, maior evento gamer da América Latina, elegeu o baiano de Salvador, Elivan Conceição, como o Melhor dançarino de favelas do Brasil. Aos 29 anos, o campeão da segunda temporada é morador do bairro Liberdade, apontado pelo IBGE como bairro de maior população negra de Salvador. Com uma história de superação e muito talento, além do título, o dançarino ganhou o prêmio de R$ 30 mil.

“A ficha ainda não caiu direito. Foi surreal. Eu tinha noção que não seria fácil. É um sonho. Trago esse título para o Nordeste. É uma vitória imensa porque mostra que nas comunidades não é somente tráfico, tem muito talento escondido que precisa apenas de uma oportunidade. As crianças da minha comunidade, apenas de saberem que fui para um reality e venci já serão inspiradas. Isso abre a cabeça delas. Vencer o Dance-Off me transforma em uma referência, e isso é muito bacana”, destaca o campeão.

Ao longo de dois meses, o programa foi exibido pelas redes oficiais da Game XP no TikTok e YouTube, registrando a competição que começou com mais de 300 dançarinos convidados. Participaram ainda da grande final da temporada 2021 os representantes do Centro-Oeste, Killder Alves da Silva, que garantiu segundo lugar e premiação de R$ 20 mil; e Camila Leão, terceiro lugar e prêmio de R$ 10 mil.

O corpo de jurados da grande final foi composto pela influencer e dançarina Ramana, e os coreógrafos Marivaldo dos Santos e Thiago Vianna. O reality comandado pela atriz Roberta Rodrigues recebeu candidatos vindos das cinco regiões do país, de 16 favelas localizadas em 12 cidades e nove estados.

Para os 16 participantes da etapa final, que contempla das oitavas até a final, o Dance-Off distribuiu R$ 100 mil em premiação. Além disso, o diretor artístico do Palco Favela, do Rock in Rio, Zé Ricardo sorteou entre os participantes duas vagas no corpo de baile do espaço na próxima edição do festival no Espaço Favela. Os vencedores foram Thati Souza e Johnny Paulo. “Não tinha como não aproveitar talentos como esses apresentados aqui no palco do Dance-Off e levar para um palco maior ainda, o do Rock in Rio. Todos que participaram do programa merecem oportunidades e creio que esta segunda temporada provou que o reality coloca luz sobre pessoas especiais que dançam muito”, finaliza.

Previous ArticleNext Article
Diretora do portal Dança em Pauta | Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de comunicação. Trabalhou em publicações segmentadas na área de entretenimento e cultura em Curitiba-PR, Maringá-PR e São Paulo-SP. Em 2010, lançou o portal Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. É coautora do livro “200 anos de Dança de Salão no Brasil – Volume 4” (2012), organizado pelo pesquisador Marco Antonio Perna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend