Comportamento, Em pauta

Bachata: da República Dominicana para o mundo

Nascida na República Dominicana a bachata começou a ser conhecida pelo mundo a partir da década de 60, quando o músico dominicano José Manuel Calderón gravou uma canção do ritmo em estúdio pela primeira vez. Desde então, este estilo musical vem evoluindo, trazendo novos instrumentos e somando elementos de black music e R&B, entre outros, que influenciaram sua popularização. Da mesma forma, a dança foi apresentando mudanças através das décadas, incorporando movimentos de outras danças latinas e revelando diferentes estilos de execução, diretamente ligados as peculiaridades de cada região.

“Hoje em dia temos músicas com velocidades diferentes assim como estilos diferentes de dançar como, por exemplo, a bachata urbana, o bachatango, o estilo mais contemporâneo e corporal dançado pelo casal espanhol que é tricampeão mundial de bachata, o estilo mais clássico que é forte na Itália e o estilo dominicano”, explica Rodrigo Piano, dançarino que ao lado da parceira Laura, vem desenvolvendo um trabalho com foco na bachata no Brasil. Eles relatam que o ritmo, apesar de ainda pouco difundido aqui, é extremamente popular em diversos países, com destaque para os EUA e continente europeu. Lá fora, onde se dança salsa, dança bachata, elas são como um par”, comenta Laura.

Atuando profissionalmente na dança de salão desde 2005, quando começaram a dar aulas em uma escola na capital paulista, o casal tem literalmente uma história de amor com a bachata. Rodrigo estava envolvido com música e dança desde os 15 anos, quando tocava e criava coreografias para seu grupo de pagode. Aos 20, começou a se dedicar as aulas de forró e, mais tarde, suas atenções foram tomadas pela salsa cubana e a roda de casino. Em 2004, passou três meses na Espanha, onde foi seduzido pela bachata. No mesmo ano, de volta ao Brasil, ingressou como bolsista em uma escola de dança, a mesma em que Laura, que frequentou por seis anos aulas de balé clássico, entrou para aprender zouk e também se encantou com a bachata ao ser apresentada ao ritmo por um professor. “A escola não tinha aulas de bachata, mas ao final de uma aula, uma professora que sabia que eu gostava do ritmo e a Laura também, colocou uma bachata pros alunos dançarem e me colocou com a Laura. Foi aí que deu ‘o negócio’ entre a gente”, conta Rodrigo.

Em 2006, eles decidiram se dedicar ao ritmo e passaram a pesquisar sobre a bachata, uma vez que existia muito pouca informação no Brasil. Rodrigo entrou em contato com os grandes expoentes mundiais da bachata, a dupla residente nos EUA Ataca e La Alemana, e, em 2009, ganharam deles uma coreografia que foi ensaiada e apresentada em um evento em São Paulo pelo primeiro grupo de bachata brasileiro. Hoje, além de apresentações e workshops pelo Brasil, o casal já participou de eventos voltados ao ritmo no exterior, ministrando e também assistindo aulas de grandes nomes da bachata mundial, em busca de aprimoramento profissional. Sobre a opção pelo trabalho com foco no ritmo, Laura não hesita em responder: “Começamos a buscar pela nossa paixão, por gostarmos do ritmo e pela nossa história de amor. A bachata é um enlace perfeito da gente”.

Este simpático e talentoso casal de dançarinos preparou para a Dança em Pauta uma seleção de 10 músicas que mostram um pouco da variedade de estilos da bachata, incluindo a primeira gravação nacional do gênero, uma versão em português da canção “Casi Casi”, de Toby Love, feita pelo baiano Jeff L’amour. Confira a playlist e se deixe envolver pela bachata você também!

Fotos: Leandro Grigoletti/Dança em Pauta e Alexandre DiPaula

1. Promisse – Romeu Santos ft. Usher

2. Incondicional – Prince Royce

3. Te perdiste mi amor – Thalía ft. Prince Royce

4. Ella se fue – Kiko Rodriguez

5. Climax (Bachata Remix) – Usher – Contest

6. Here without you (Aqui sin verte)- Marcos Leus

7. Ilegales – Perdida

8. Cuando un hombre se enamora – Daniel Santacruz

9. Quase quase – Jeff L’amour

10. Bachatera – Grupo 911

Previous ArticleNext Article
Diretora do portal Dança em Pauta | Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de comunicação. Trabalhou em publicações segmentadas na área de entretenimento e cultura em Curitiba-PR, Maringá-PR e São Paulo-SP. Em 2010, lançou o portal Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. É coautora do livro “200 anos de Dança de Salão no Brasil – Volume 4” (2012), organizado pelo pesquisador Marco Antonio Perna.

4 Comments

  1. Desde quando vi um casal dançando este ritmo, me apaixonei. Desde então venho me dedicando a aprender. Os vídeos disponíveis na internet eu já vi quase todos, e não me canso de procurar por mais.

  2. Aaahhh eu amo bachata!! Conheci este ritmo atraves de um professor amigo deste casal e desde então me apaixonei. Assisti justamente esta coreografia
    cedida por Ataca & Alemana!
    Bachatea Papi! =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend