Cinema e TV, Ler, Ver e Ouvir

Associação Fernanda Bianchini comemora 26 anos com lançamento de documentário

Nesta sexta (16/04), às 19h, a Associação Fernanda Bianchini (AFB), única escola no mundo a ensinar e formar em Ballet Clássico pessoas com diferentes tipos de deficiência, comemora 26 anos de história lançando seu primeiro documentário.

Intitulado “Reinventando 2020 e 2021”, a obra, com roteiro e direção de Angela Rezé, destaca, entre outras coisas, a trajetória inovadora e, ao mesmo tempo, permanente, de inclusão social para todos, apresentando, com exclusividade, a ativação do método Fernanda Bianchini em outros países, como Argentina, Austrália, Estados Unidos e Portugal, com aulas à distância.

O Método criado por Fernanda é o primeiro e único no mundo a ensinar a arte da dança para pessoas com deficiência visual, através do tato e outros estímulos sensoriais. Em 26 anos, mais de três mil alunos já passaram pela AFB. Alguns se formaram e seguem profissionalmente atuando na própria escola, ensinando o que aprenderam a novos alunos. A profissionalização de muitos trouxe um impacto social valoroso e muito otimista a todos os envolvidos nesta causa.

Aula de Ballet na Associação Fernanda Bianchini. | Foto: divulgação

Em meio às dificuldades geradas durante a pandemia, a AFB conseguiu desenvolver diferentes programas de ensino à distância, alguns com sequência pedagógica, áudio descrição e libras. A escola acelerou o início de um projeto que já estava em andamento, adaptando alunos e professores à utilização de plataformas e ferramentas digitais e otimizando os seus canais de comunicação para se manter presente no dia a dia de todos aqueles que precisam ou querem se exercitar em casa.

Em tempo recorde programas específicos para o Ballet Clássico, Alongamento e Pilates foram criados e disponibilizados com acesso digital gratuito e aberto ao público, além da criação de Lives com professores e parceiros promovendo, quase que diariamente, temas ligados à Qualidade de Vida, Saúde e Bem Estar.

Paralelamente ao ensino técnico, a associação também mantém com orgulho a Cia Ballet de Cegos, companhia de dança formada por bailarinas cegas da AFB que já desbravou diversos palcos e encantou muitas plateias pelo mundo, destacando sua participação em eventos e festivais realizados em Londres, Argentina, Alemanha, Nova York, Los Angeles, Chile, México e Polônia.

O documentário, que traz depoimentos de alunos, professores e colaboradores sobre os novos desafios, será veiculado no canal da AFB no YouTube.

Sobre a Associação Fernanda Bianchini (AFB)
Hoje, no bairro da Vila Mariana, em São Paulo, a AFB atende aproximadamente a 500 alunos, dos três anos até a Terceira Idade, com diferentes deficiências e propósitos, gratuitamente, de segunda a sábado, com aulas de Ballet Clássico, Contemporâneo, Sobre Rodas, Dança de Salão, Dança do Ventre, sessões de Fisioterapia, Musicalização, Pilates, Sapateado e Teatro.

Também já faz parte do projeto de ensino da AFB, o Curso de formação para profissionais da área de Dança, Educação e Saúde, que deverá ganhar atenção especial com a inauguração da nova sede programada para dezembro deste ano.

Frequentam as aulas 60% de deficientes visuais, 30% de outros tipos de deficiências (física e intelectual) e 10% de alunos sem nenhum tipo de deficiência. A ideia de mesclar estes alunos foi uma estratégia encontrada para trabalhar a inclusão social e facilitar a interação entre grupos diversos.


O que: estreia documentário Reinventando 2020 e 2021 | Associação Fernanda Bianchini
Quando: 16/04, às 19h
Quanto: gratuito
Onde: canal da AFB no YouTube

Previous ArticleNext Article
Diretora do portal Dança em Pauta | Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de comunicação. Trabalhou em publicações segmentadas na área de entretenimento e cultura em Curitiba-PR, Maringá-PR e São Paulo-SP. Em 2010, lançou o portal Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. É coautora do livro “200 anos de Dança de Salão no Brasil – Volume 4” (2012), organizado pelo pesquisador Marco Antonio Perna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend