Festivais/Mostras, Notícias

Anunciadas as coreografias selecionadas para o 7° Prêmio Desterro

O Instituto Cultural Desterro (ICD) anunciou as coreografias aptas a concorrer ao Prêmio Desterro – 7° Festival de Dança de Florianópolis, agendado para 30 de agosto a 4 de setembro, no Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC). Das 791 coreografias de 16 estados de todas as regiões do Brasil, foram selecionadas 327, que se juntam a outras 18 com vagas já garantidas pela premiação do ano passado. Portanto, 345 trabalhos podem prosseguir na segunda fase de inscrição, com o pagamento de taxas e envio dos demais documentos, até o dia 20 deste mês.

Os números recordes surpreenderam os diretores do evento, que consideravam em suas expectativas as adversidades causadas pelo momento atual do País, o ano eleitoral, a proximidade com a Olimpíada e o limite de aprovação previsto no regulamento. Tal volume somado à qualidade superior do material inscrito por 135 grupos gerou entre os organizadores o consenso de que foi a seleção mais difícil em sete anos. “A nota de corte foi bem alta devido ao nível dos candidatos. Nessa situação, os detalhes das coreografias, como técnica, criatividade ou fidelidade no caso das obras de repertório, dramaturgia, etc, vão definir o perfil das baterias”, explica a diretora artística, Bia Mattar.

A comissão selecionadora foi composta pela professora doutora Sigrid Nora, coordenadora do curso de dança da Universidade de Caxias do Sul (UCS/RS); Tindaro Silvano, de Belo Horizonte, premiado em companhias de balé clássico do Brasil e da Europa, instrutor e jurado em festivais nacionais e internacionais; Tati Sanchis, de São Paulo, especializada em danças urbanas e teatro musical nos Estados Unidos; Henrique Bianchini, de São Paulo, professor e coordenador pedagógico das aulas de hip hop dance da Casa da Dança Tati Sanchis, pesquisador da cultura hip hop e das danças urbanas americanas; Daniel Pozzobon, diretor do Prêmio Desterro e ex-presidente da Associação Catarinense de Dança de Salão; Bia Mattar, diretora artística do Prêmio Desterro, formada em dança clássica, com incursões pelo jazz e contemporâneo e especializada em sapateado; e integrantes da comissão organizadora.

O 7° Festival de Dança de Florianópolis distribuirá premiação total de R$ 22 mil aos vencedores dos gêneros balé clássico, balé clássico de repertório, dança contemporânea, dança de salão, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado, aos melhores bailarino e bailarina, ao melhor coreógrafo, ao destaque do evento e ao grande campeão.

Acesse www.premiodesterro.com.br e confira a relação dos selecionados.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend