Cinema e TV, Ler, Ver e Ouvir

“A Bailarina”: animação mostra dificuldades e alegrias em busca do sonho e tem Claudia Mota como embaixadora

Um filme que traz a doçura e a leveza do balé, sem deixar de ressaltar a disciplina e entrega que a profissão exige, assim podemos descrever a animação “A Bailarina”, que terá pré-estreias pagas a partir desta quinta (19/01), e estreia nacional agendada para 26 de janeiro. As pequenas bailarinas vão adorar (e as grandes também).

Ambientada na Paris do século XIX, a animação narra a história de Felicie, uma menina órfã que vive no interior da França, e almeja realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Para conseguir o que quer, a jovem toma uma atitude arriscada: foge para Paris e se passa por outra pessoa para conquistar uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.

Para impulsionar a divulgação do desenho no Brasil, a Paris Filmes convidou Claudia Mota, primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro há dez anos, para ser a embaixadora oficial do filme. Além de recepcionar imprensa e artistas convidados em exibições exclusivas no Rio de Janeiro e em São Paulo, como parte das ações de divulgação do filme, Claudia realizou no último sábado (14/01), uma apresentação de ballet clássico para 150 crianças que moram na região da Cracolândia e Comunidade do Moinho, atendidas pelo projeto “Novos Sonhos”, que fica localizado no Centro de São Paulo. Durante a visita a instituição, ela também ministrou uma aula de ballet, para um grupo de 15 alunos do projeto.

Claudia Mota, em pré-estreia do filme para imprensa e convidados.
A primeira bailarina do Theatro Municipal do RJ, Claudia Mota, em pré-estreia do filme para imprensa e convidados. | Foto: divulgação

“É um privilégio fazer parte deste lançamento que traz à tona as dificuldades e as alegrias de perseguir um sonho, que exige tanto amor e disciplina. Felicie é uma personagem com a qual me identifico e, sem dúvida, inúmeros profissionais também se identificarão. Além da qualidade da produção, a mensagem universal de luta, disciplina e perseverança conquistará um público abrangente”, comenta Claudia.

CURIOSIDADE: Na versão brasileira, a atriz mirim Mel Maia dá voz à protagonista Felicie. Já na versão em inglês, a atriz Elle Fanning dubla Felicie, enquanto a dançarina Maddie Ziegler, famosa por suas performances nos videoclipes da cantora Sia, dubla sua rival, Camille.

Previous ArticleNext Article
Diretora do portal Dança em Pauta | Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de comunicação. Trabalhou em publicações segmentadas na área de entretenimento e cultura em Curitiba-PR, Maringá-PR e São Paulo-SP. Em 2010, lançou o portal Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. É coautora do livro “200 anos de Dança de Salão no Brasil – Volume 4” (2012), organizado pelo pesquisador Marco Antonio Perna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend