Festivais/Mostras, Notícias

38º Festival de Dança de Joinville inicia com palcos abertos, cursos e a famosa Feira da Sapatilha

Nessa terça (05/10), o público aficionado por dança voltou a ocupar a cidade símbolo desta arte no Brasil com o início do 38º Festival de Dança de Joinville. Eles puderam conferir as primeiras apresentações nos Palcos Abertos e também participar da grade dos cursos, que fazem parte da programação, ministrados por grandes profissionais de dança no Saltare Centro de Dança.

Já a famosa Feira da Sapatilha, uma das principais atrações do Festival, recebeu os bailarinos ávidos por produtos de dança e promoções, com uma novidade. Este ano, marcas como a Só Dança, que tradicionalmente trazem além de lançamentos, preços exclusivos para o evento, estão disponibilizando promoções também em seus respectivos sites. Uma oportunidade para aqueles que participarão do evento de forma virtual.

Bailarinas no estande da Só Dança na Feira da Sapatilha. | Foto: Nilson Bastian

Moda, tendências, lançamentos, artigos e equipamentos ligados à dança podem ser encontrados nos mais de 80 estandes da Feira da Sapatilha. O local movimenta o Festival de Dança de Joinville e é parada obrigatória para bailarinos e coreógrafos. A Feira está aberta ao público de 5 a 15 de outubro, das 10h às 21h, e no dia 16, das 10h às 20h, no Expocentro Edmundo Doubrawa. Além dos produtos, a feira concentra um Palco Aberto, Palco Alternativo com atrações do +Dança e Praça de Alimentação.

Em entrevista ao Dança em Pauta, o presidente do Instituto Festival de Dança, Ely Diniz, explicou que tanto a Feira da Sapatilha quanto a área de alimentação, que também está funcionando, estão empregando os mesmos protocolos sanitários de shopping centers, com limite de circulação de pessoas.

Ensaio dos bailarinos do Corpo de Dança do Amazonas, que se apresentam na Noite de Abertura do Festival. | Foto: Nilson Bastian

Nesta quarta (06/10), as atrações seguem, com destaque para a Noite de Abertura com apresentação do Corpo de Dança do Amazonas (CDA), que estreia o espetáculo “TA – Sobre Ser Grande”, com coreografia de Mário Nascimento. A obra promete explorar a extensão da linguagem Tikuna e a riqueza da região norte do país. O espetáculo começa às 20h, no Centreventos Cau Hansen.

As atividades do ‘Dança Para Quem Não Dança’ também iniciam neste dia 6 e continuam até 15 de outubro, diariamente, das 12h15 às 13h15.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend