Pós em Dança de Salão traz novas perspectivas na área

ago 10, 2010 6 Comentários por

No sábado (07/08), os alunos da 2a turma de pós-graduação em Teoria e Movimento da Dança com ênfase em Danças de Salão, tiveram sua última aula. De acordo com a coordenadora e idealizadora do curso, Graça Araújo Kraismann, a partir de agora, eles passam para a fase final, onde apresentarão suas monografias, mas os profissionais já comemoram.

a

a

Fernanda Cardoso Gil

“Este curso foi a melhor coisa que eu fiz na minha vida. Nas aulas das academias a gente não aprende muito da teoria e acho que, pra nós profissionais, não é só saber dançar, tem que saber o porque daquilo. O curso me deu isso, além de apresentar coisas novas pra eu estar pesquisando e aprendendo”, afirma Fernanda Cardoso Gil, de Florianópolis-SC, no balé clássico desde os seis anos, mas que, há nove, decidiu trabalhar com as danças de salão.

O primeiro e, até o momento, único curso de pós-graduação em dança de salão do Brasil, é oferecido pela Faculdade Metropolitana de Curitiba (FAMEC), localizada em São José dos Pinhais, e formou sua primeira turma em 2005. A coordenadora do curso, uma bailarina com 40 anos de experiência na dança, conta que a idéia inicial era fazer um grupo de estudos para aprofundar o conhecimento sobre as danças a dois. “Como vim do balé clássico, sempre tive acesso a pesquisas e livros sobre o assunto. Quando me envolvi com a dança de salão minha curiosidade começou a aguçar, fui atrás de referências, do porque das formas de dança e descobri que o conhecimento na área era praticamente nulo. Achei que estava na hora de mudar isso”, relata Gracinha.

Com o apoio da amiga e produtora cultural, Niroá Glaser, ela deu início a elaboração do projeto em 2002 e, hoje, somando as duas turmas, passaram pelo curso 68 alunos, de vários estados brasileiros, que tiveram a chance de compartilhar do conhecimento de renomados professores em matérias que vão da história e psicologia da dança, passando pela cinesiologia, até conhecimentos mais aprofundados sobre ritmos específicos.

Marcel Franciscon

“A qualidade e seriedade do curso é indiscutível, ele foi muito bem elaborado e, no geral, trouxe os melhores profissionais que a gente tem no país, hoje, para dar aulas”, comenta Marcel Franciscon, proprietário da Academia Studio Wellness, em Jundiaí-SP, há 12 anos trabalhando com dança de salão. Formado em Educação Física e já com uma pós em Qualidade de Vida, ele relata que pretende trabalhar com a área acadêmica e o curso trouxe um embasamento importante. “Quanto mais você aprende, mais percebe que precisa de mais conhecimento. Então foi uma oportunidade de agregar conhecimento”, diz.

Rodrigo Garcia e Mariana Mattos

A quantidade de novas informações também foi um ponto ressaltado por Rodrigo Garcia, que trabalha há nove anos com dança de salão e encarou todos os meses a viagem de cerca de 15h de Votuporanga, interior de São Paulo, a Curitiba para fazer o curso. “O esforço foi compensador. O curso falou sobre tudo que um profissional de dança precisa saber, foi excelente para nossa formação, despertou a curiosidade e abriu as portas do conhecimento pra que a gente possa se aprofundar mais. Daqui pra frente é cada um correndo atrás do que mais se identificou”, declara.

Vanessa Bozza

Mas o curso também atraiu alunos que não atuam na área, mas tem interesse de saber mais sobre a dança. É o caso de Vanessa Bozza, de Curitiba, que atualmente trabalha na área jurídica, mas já foi professora e integrante de grupos de dança. “Resolvi fazer a pós pra me informar, saber o que está acontecendo e refletir sobre os temas. Daqui vão sair vários bons trabalhos, reflexões acadêmicas, algo que precisamos na dança de salão, pois como é um ramo muito novo, as pessoas não têm informação ainda, a maioria aprendeu na prática. Acho que esta iniciativa tem um ganho muito positivo para o crescimento da dança e o crescimento pessoal das pessoas que estão aqui”, comenta.

O dançarino Renato Zóia, que participou da última edição da Dança dos Famosos, esteve presente na festa de confraternização dos alunos na FAMEC e também elogiou o pioneirismo de Gracinha Araújo na criação do curso. “Acredito que o que ela está fazendo, hoje, é o que dará valor aos professores no futuro. Não temos nenhuma base acadêmica, então as pessoas desvalorizam muito o professor de dança de salão. O que ela iniciou aqui vai nos dar credibilidade e respeito. Muda tudo, a história da dança e do profissional, é um troféu pra nós”, afirma.

Interessados em mais informações sobre a pós podem entrar em contato com a coordenadora pelo email: gracinha@famec.com.br

Kenio Nogueira e Jucimara Sequinel, da AJODS

Alunos da pós comemoram

Fotos: Déborah Godoy/Dança em Pauta

Em pauta, Mercado da dança

Sobre o autor

Jornalista atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. É diretora da revista digital Dança em Pauta.

6 Comentários para “Pós em Dança de Salão traz novas perspectivas na área”

  1. Dani Dance Shop says:

    Parabéns à Gracinha pelo excelente trabalho e aos alunos pela grande conquista.

  2. Elizangela says:

    a Gracinha merece todo o confete, afinal foi um grande empenho trazer profissionais gabaritadíssimos e que desenvolveram um excelente trabalho. Adorei o curso, aprendi muito nesse ano e meio e por mim poderia se extender por mais um ano! Parabéns

  3. Anselmo - Dance10 says:

    Oi!!

    Ve pode me indicar alguns cursos de Pós em Dança de Salão aqui perto de Feira de Santana- Bahia?

    Abraços

  4. Anselmo - Dance10 says:

    Desculpe!!

    Esqueci de falar que amei esse site.

    Parabéns!

  5. Keyla Barros says:

    Olá Anselmo,

    Ficamos felizes que tenha gostado do site! Sobre a pós em Dança
    de Salão, até o momento, esta na região metropolitana de Curitiba-PR, coordenada pela Gracinha Araújo, é a única do Brasil. Mas estamos sempre divulgando informações sobre cursos e demais atividades que objetivam uma melhor preparação dos profissionais da dança de salão. Se quiser receber notícias sobre a dança através de nossas newsletters, preencha os dados na seção “cadastre-se” em nossa home.

    abç

  6. Rachelina Lacerda says:

    Que maravilha saber sobre a pós-graduação em dança de salão. Parabéns! Pratico dança de salão há 6 anos. Sou graduada em Letras e recentemente conquistei o título de Mestre na área de Literatura e Cultura, pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal da Paraíba. O tema da minha dissertação foi “O bambear semiótico no Samba: da Canção ao Salão” e desenvolvi uma análise intersemiótica sobre a poesia da canção em três sambas que tiveram influências do rock e hip hop com coreografias em samba de gafieira.

    Abraços!!

Deixe um comentário